ICP 020 – fundador da clinica Fertibaby, onde eu (Mari) fiz o meu processo de fertilizaçao assistida, traz curiosidades e muita informação sobre o assunto. 

Para ouvir pelo seu android, clique aqui

Para ouvir pelo seu iphone, clique aqui

Fundador da clinica Fertibaby, onde eu (Mari) fiz o meu processo de fertilizaçao assistida, traz curiosidades e muita informação sobre o assunto.

Médico especialista em ginecologia e obstetrícia, mestre em Reprodução Humana pela USP, a 10 anos Leo se autorrealizou no trabalho fundando a sua clinica de fertilização em BH. Desde então ele ajuda pessoas como eu a realizarem o sonho de ter um filho. Por isso a carreira dele é mais do que emocionante.

Nessa conversa, eu conto sobre a minha experiência de gravidez, desde que congelei meus ovulos em 2013, com 37 anos, antes de começar a viajar o mundo. E o Léo conta sobre a sua carreira e responde todas as minhas perguntas sobre a fertilização assistida, no Brasil e em outros países.

We Talk About

[01:50] O inicio de tudo. Léo conta um pouco da sua historia. O que o impulsionou a trocar a pediatria pela ginecologia obstetrícia.

[05:32] Continuar na vida acadêmica ou ir para a iniciativa privada? O dilema que o Léo enfrentou saindo do mestrado e como ele resolveu.

[10.32] Estagnação no trabalho e transição de carreira. Leo explica porque fundou sua própria clinica de fertilização e as dificuldades iniciais que encontrou. Também conta como a escolha de um nicho de mercado ajudou a clinica Fertibaby a prosperar.

[13.10] SUS Brasil x Espanha. Sobre as diferenças de atendimento pelo serviço de saúde publica para uma mulher que quer engravidar.

[15.50] Congelamento de óvulos. Qual o melhor momento? Leo explica! E Mari fala na pratica como foi o seu caso.

[18.01] Doação/venda de óvulos e sêmen – como funciona no Brasil e fora? Exemplos em alguns países e discussão sobre remuneração e anonimato do doador.

[25.04] Os motivos que a fizeram Mariana optar pela clinica do Dr. Leo para a sua gravidez. Um pouco da vida pessoal de Leo, e do dia-a-dia como médico. Desafios e planos de expansão da clinica.

[30:39] Qual a taxa de sobrevivência dos óvulos congelados? Quantos se tornam bons embriões? Qual a taxa de gravidez com diferentes idades? Dr. Léo conta quais são estes números e outras historias relacionadas.

[37:12] Sonho da maternidade x Relacionamento. Preconceito e vontades individuais.

[38.22] Qual pais tem maior numero de fertilizações in vitro? Facilidade de acesso da população, condições econômicas, e questões culturais.

[47.12) Mari conta como tomou coragem para finalmente realizar seu sonho de ser mãe. A delicada decisão do anonimato (ou nao) na doação e os riscos envolvidos.

Quotes

[09.08] “Tem muito romantismo com relação a universidade, mas eu tive algumas experiências […] que me mostraram que o ambiente universitário é muito corrompido.”

[09.18] “A minha cabeça é americana. Cada um deve ser livre para fazer o que quiser. A gente, o governo, a sociedade é muito paternalista, julga muito o que é certo e o que é errado”.

[37.14] “Eu aprendi que a maternidade pode existir antes ou em paralelo a um relacionamento.” (Mari)

[53.52] “Não espere o momento ideal para engravidar, essa é a grande dica, porque esse momento ideal não existe.”

[55.26] “A vida é muito curta, você tem que fazer varias coisas ao mesmo tempo, pra dar tempo de fazer tudo o que você quer.”

Links

Share this:
1 Comment
  • Graziele Ferreira couto
    Posted at 18:59h, 15 August Reply

    Adorei o vídeo,estava com receio de fazer meu tratamento na Fertibaby. Depois deste vídeo, já estou decidida que lá é o meu caminho. Obrigada

Post A Comment